domingo, maio 9, 2021
Home Política Para tornar ‘mandatos mais eficientes’, app fornece monitoramento de políticos

Para tornar ‘mandatos mais eficientes’, app fornece monitoramento de políticos

Em meio ao avanço das discussões sobre as eleições 2022 e das primeiras movimentações para o próximo pleito, um aplicativo pode ajudar os brasileiros a se aproximarem da política. Relançado neste ano, a ferramenta “Tem meu voto” permite que os usuários acompanhem a votação de projetos de lei, assim como discussões nas esferas municipal, estadual e federal e siga os parlamentares escolhidos. Segundo o idealizador, a proposta é “aproximar a política do cidadão comum”. “Nosso aplicativo tem como objeto, de um lado, de fazer com que a relação do político, que o gabinete se torna mais eficiente, é uma ferramenta que auxilie os política a acompanhem demanda e prestarem  conta à população. Da mesma forma, permite que o eleitor passe a acompanhar o que está sendo feito pelo político eleito”, explica André Szajman, em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta quarta-feira, 21. Segundo ele, a ferramenta não busca fiscalizar o trabalho dos parlamentares, apenas “tornar os mandatos mais eficientes”.

O “Tem meu voto” funciona para acompanhamento das câmara municipais, assembleias legislativas a nível estadual e também do Congresso Nacional. “Essas ferramentas estimulam a participação das pessoas. As pessoas estão muito desinteressadas pela política, quando a gente olha as pesquisas, principalmente o público jovem, grande parte está interessada, esses assuntos vão definir o rumo das nossas vidas. Acredito que não é possível sociedade avance sem uma participação efetiva da população”, comenta o idealizador. Além do acompanhamento, o aplicativo também tem como função a notificação de problemas encontrados nos municípios. Ao todo, segundo André Szajman, foram mais de 100 mil alertas indicados pelos mais de 500 mil usuários cadastrados. A nível federal, a principal funcionalidade utilizada é a sugestão de emendas aos parlamentares. Até o momento, o aplicativo, que é gratuito para eleitores e parlamentes, conta com a participação de 500 políticos brasileiros.

- Advertisment -

Most Popular

PSB pede que Fachin intime governador do Rio por operação no Jacarezinho

O Partido Socialista Brasileira (PSB) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin que intime o governador do Rio de Janeiro, Cláudio...

‘Gabinete paralelo’, negociação com a Pfizer e atuação da Anvisa: os próximos passos da CPI da Covid-19

Quem acompanhou a primeira semana de depoimentos à CPI da Covid-19 pôde perceber que a prescrição de cloroquina, ivermectina e outros remédios comprovadamente ineficazes...

Após ser vacinado com a CoronaVac, Doria comemora: ‘O detalhe, de calça apertada’

Aos 63 anos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), foi vacinado contra a Covid-19 em uma unidade pública de saúde em Pinheiros,...

‘Bolsonaro levará as próximas eleições em primeiro turno’, aposta Odair Del Pozzo

O jornalista Odair Del Pozzo declarou-se “bolsonarista de carteirinha” em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta sexta-feira, 7. Para ele, o presidente...