quinta-feira, junho 17, 2021
Home Política Gilmar Mendes vai relatar pedido da ‘capitã cloroquina’ para ficar em silêncio...

Gilmar Mendes vai relatar pedido da ‘capitã cloroquina’ para ficar em silêncio na CPI da Covid-19

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado relator do pedido feito pela defesa da secretária da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como “capitã cloroquina”, para que ela fique em silêncio em seu depoimento na CPI da Covid-19. A oitiva está marcada para ocorrer na quinta-feira, 20. O recurso foi apresentado na noite deste domingo, 16, após o ministro Ricardo Lewandowski conceder o direito ao silêncio ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que será ouvido na quarta-feira, 19.

Mayra Pinheiro foi apelidada de “capitã cloroquina” por defender o medicamento, ineficaz no tratamento do novo coronavírus, mas defendido, por exemplo, pelo presidente Jair Bolsonaro. Em depoimento ao Ministério Público Federal, a secretária do Ministério da Saúde confirmou que foi responsável pela organização de uma comitiva de médicos que foi a Manaus para difundir o uso do fármaco – a informação foi inicialmente divulgada pelo jornal O Globo. Na avaliação dos integrantes da CPI, o depoimento de Mayra Pinheiro é fundamental para que a comissão possa esclarecer como foi a atuação da pasta no episódio da crise do oxigênio que atingiu o Estado do Amazonas no início do ano.

- Advertisment -

Most Popular

Barroso concede a Carlos Wizard direito de ficar em silêncio durante depoimento à CPI da Covid-19

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao empresário Carlos Wizard o direito de ficar em silêncio e não produzir...

Justiça Federal torna Witzel réu por organização criminosa após denúncia do MPF

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, virou réu por organização criminosa após a Justiça Federal aceitar uma denúncia do Ministério Público Federal...

Justiça Federal torna Witzel réu por organização criminosa após denúncia do MPF

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, virou réu por organização criminosa após a Justiça Federal aceitar uma denúncia do Ministério Público Federal...

Condenado, Arthur Lira elogia projeto que afrouxa Lei de Improbidade: ‘Avanço para proteger o bom gestor’

Por 408 a 67 votos, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 16, o Projeto de Lei 10.887/18. O novo texto, do relator Carlos Zarattini...