terça-feira, abril 13, 2021
Home Política Em sessão tensa, Bia Kicis manda apagar palavra ‘genocida’ dos registros de...

Em sessão tensa, Bia Kicis manda apagar palavra ‘genocida’ dos registros de sessão da CCJ

A sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados foi bastante tumultuada na última quarta-feira, 7. Isso porque a presidente da CCJ, deputada Bia Kicis (PSL-DF), provocou indignação ao mandar apagar dos registros a palavra “genocida” da ata da reunião. Parlamentares da oposição têm utilizado o termo quando se referenciam ao presidente Jair Bolsonaro, sobretudo quando o assunto é a pandemia da Covid-19.

Bia Kicis fez o pedido logo depois de a deputada Erika Kokay (PT-DF) citar o termo mais de uma vez. Daí os protestos foram gerados, incluindo a deputada petista Maria do Rosário. “Evidentemente que a palavra genocida é injuriosa, sim, mas eu não vou ficar aqui fazendo defesa. Cabe a presidente cortar a palavra quando se trata de matéria vencida. E essa matéria está vencida, eu acabei de me pronunciar sobre ela”, afirmou Kicis. Na transcrição da reunião, no site da Câmara, o discurso de Kokay e de outros parlamentares não traz mais o uso do termo “genocida”. No lugar há o texto: expressão retirada por determinação da presidência.

*Com informações do repórter Fernando Martins 

- Advertisment -

Most Popular

CPI da Covid-19 vai investigar verbas da União destinadas a Estados e municípios

Após a decisão liminar do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), fará, na tarde...

‘Bolsonaro queria que telefonema fosse divulgado’, afirma Jorge Kajuru

O senador Jorge Kajuru afirmou que o presidente Jair Bolsonaro queria que o áudio da conversa de ambos gravado no sábado, dia 10, fosse...

Tarcísio Gomes de Freitas nega que nova lei de trânsito beneficie infratores

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, rebateu críticas de que parte das mudanças no Código de Trânsito Brasileiro favorecem os infratores. Especialistas...

Deputada Margarete Coelho defende maior clareza na Lei de Segurança Nacional

A Câmara dos Deputados vota a urgência na revisão da Lei de Segurança Nacional. A relatora do projeto, deputada Margarete Coelho (PP), promete a...