domingo, maio 9, 2021
Home Política Em São Paulo, Bolsonaro lidera corrida presidencial em todos os cenários para...

Em São Paulo, Bolsonaro lidera corrida presidencial em todos os cenários para 2022

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lidera em todos os cenários de primeiro turno para as eleições presidenciais em 2022. O levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas com os eleitores do Estado de São Paulo foi divulgado na manhã desta segunda-feira, 3. Na projeção para o primeiro turno do pleito, o instituto apresentou duas projeções distintas. De acordo com a pesquisa, Bolsonaro enfrentaria um opositor petista no segundo turno em ambos os cenários. Entre os nomes apresentados, estão o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do ex-ministro Sergio Moro, do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de Ciro Gomes (PDT), do apresentador Luciano Huck, de João Amoêdo (Novo) e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM). No segundo cenário, o nome de Lula é substituído pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). Na primeira projeção, Bolsonaro lidera com 32,0% dos votos. Em seguida, Lula aparece com 23,7%. Sergio Moro tem 6,7% dos votos. João Doria fica com 6,3% e Ciro registra 6,1%. Huck, Amoêdo e Pacheco obtém menos de 5% dos votos. Cerca de 3,8% dos paulistas não souberam ou não quiseram responder. Outros 11,5% votariam nulo ou em branco. A porcentagem de intenção de votos para Jair Bolsonaro é proporcional à idade dos entrevistados. No caso de Lula, o cenário é inverso: quanto maior a idade, menor é a quantidade de votos. Conforme aumenta a escolaridade dos entrevistados, menor é o apoio aos dois candidatos.

Situação Eleitoral – Cenário 1

Tabela com informações estratificadas da pesquisa para corrida presidencial realizada pelo Paraná Pesquisas

O último cenário apresentado adiciona Haddad no lugar de Lula. O ex-prefeito de São Paulo tem uma performance inferior a do ex-presidente Lula, com 14,5%. Bolsonaro, em contrapartida, tem mais que o dobro das intenções de votos do petista: 32,7%. Logo atrás está Ciro Gomes, com 8,3%. Huck recebe 7,6% e e Moro, 7,3%. Na sequência, João Doria aparece com 7,1%; Amoêdo, com 4,3% e Pacheco, com apenas 0,8%. A porcentagem dos entrevistados que não souberam ou não quiseram responder é semelhante a do cenário anterior: 3,6%. O número de votos nulos e brancos é de 13,8%. Em relação à variável de faixa etária, a análise entre Bolsonaro e Haddad é semelhante a entre Bolsonaro e Lula. O atual presidente performa melhor entre as faixa etárias mais altas enquanto os apoiadores do petista se concentram entre os eleitores de 16 a 24 anos. No que se refere à grau de escolaridade, o apoio à Haddad é proporcional ao nível de ensino dos paulistanos. O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 1602 eleitores com 16 anos ou mais. As consultas foram feitas por telefone, entre os dias 28 de abril e 1 de maio de 2021, em 92 municípios do Estado de São Paulo. O grau de confiança é de 95%, com margem de erro estimada em e 2,5% para os resultados gerais.

Situação Eleitoral – Cenário 2

Tabela com informações estratificadas da pesquisa para corrida presidencial realizada pelo Paraná Pesquisas

- Advertisment -

Most Popular

Bruno Covas posa do hospital e diz ‘não baixar a cabeça’ na luta contra o câncer

Prefeito licenciado da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) usou as redes sociais para postar uma foto sua no Hospital Sírio Libanês, onde...

PSB pede que Fachin intime governador do Rio por operação no Jacarezinho

O Partido Socialista Brasileira (PSB) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin que intime o governador do Rio de Janeiro, Cláudio...

‘Gabinete paralelo’, negociação com a Pfizer e atuação da Anvisa: os próximos passos da CPI da Covid-19

Quem acompanhou a primeira semana de depoimentos à CPI da Covid-19 pôde perceber que a prescrição de cloroquina, ivermectina e outros remédios comprovadamente ineficazes...

Após ser vacinado com a CoronaVac, Doria comemora: ‘O detalhe, de calça apertada’

Aos 63 anos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), foi vacinado contra a Covid-19 em uma unidade pública de saúde em Pinheiros,...