terça-feira, junho 15, 2021
Home Política Defesa de Lula pede que STF retome julgamento sobre parcialidade de Moro

Defesa de Lula pede que STF retome julgamento sobre parcialidade de Moro

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retome o julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro. Os advogados alegam que os processos do petista que estavam em Curitiba já foram remetidos a Justiça Federal do Distrito Federal (DF), mas só podem voltar a tramitar quando o Supremo concluir o julgamento sobre a condução do ex-ministro da Justiça no caso do Triplex do Guarujá. A Segunda Turma do STF considerou o ex-juiz parcial e entendeu que a ação envolvendo o petista deveria tramitar no DF. O julgamento foi paralisado no final do mês passado quando o placar estava em 7 a 2 pela suspeição de Moro, após um pedido de vista do ministro Marco Aurélio Mello. Ele devolveu o processo na semana seguinte, mas o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, ainda não marcou uma nova data. Marco Aurélio Mello se aposenta em julho e se o julgamento não ocorrer até lá, o voto ficará com o próximo ministro indicado por Jair Bolsonaro.

*Com informações da repórter Camila Yunes

- Advertisment -

Most Popular

‘Duvido que os brasileiros votem no PT, Bolsonaro é o favorito para 2022’, diz ministro Fábio Faria

Chefe do Ministério das Comunicações, o ministro Fábio Faria afirmou durante participação no programa Pânico, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 15, que já está...

Presidente do TCU pede para a PF investigar auditor afastado por relatório falso

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministra Ana Arraes, pediu à Polícia Federal, na segunda-feira, 14, que seja aberto um inquérito...

Wilson Witzel recorre ao STF para não comparecer à CPI da Covid-19

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à CPI da Covid-19. Em pedido apresentado...

Situação carcerária é ‘problema antigo e está longe de solução’, diz Cármen Lúcia

O Supremo Tribunal Federal (STF) realizou nesta segunda-feira, 14, uma audiência pública para discutir o habeas corpus coletivo que determinou autorizou direito a prisão...