terça-feira, abril 13, 2021
Home Política Após críticas, Ministério da Saúde suspende mudanças no sistema de registros de...

Após críticas, Ministério da Saúde suspende mudanças no sistema de registros de mortes por Covid-19

Após críticas, o Ministério da Saúde anunciou, na tarde desta quarta-feira, 24, que suspendeu as mudanças feitas no sistema de registro de mortes causadas pela Covid-19. As alterações levaram a uma queda no total de mortes em alguns Estados, como São Paulo e Mato Grosso do Sul, por exemplo. “O Ministério da Saúde informa que foi suspenso o preenchimento obrigatório de alguns campos de identificação – número do CPF ou o número do Cartão Nacional do SUS, e se o cidadão for de nacionalidade estrangeira – no Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), onde é feita a notificação de casos e óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”, diz uma nota divulgada pela pasta.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a suspensão foi realizada após um pedido do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) em razão da “ausência de comunicado aos Estados e municípios em tempo oportuno”. Como a Jovem Pan mostrou, a mudança no SIVEP-Gripe fez o número de mortes registradas pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo despencar – nas últimas 24 horas, foram reportados 281 óbitos ao Ministério da Saúde, contra 1.021 na última segunda-feira, data com o maior número de óbitos desde o início da pandemia.

Situação semelhante ocorreu no Mato Grosso do Sul. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado nesta quarta-feira, 24, ressalta que “devido instabilidade do sistema de informação oficial do Ministério da Saúde – SIVEP Gripe, os municípios apresentaram dificuldade no acesso para inserir e encerrar seus casos”. O órgão reportou 20 novos óbitos, mas, segundo o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende, essa não é a realidade. “Vamos apontar hoje 20 óbitos, o que não é realidade. Nós estamos tendo muito mais óbitos que esses anunciados hoje. Mas é porque o sistema chamado Sivep, está com oscilação, está dificultando a inserção de dados, e certamente amanhã nós vamos ter um número elástico de óbitos já que a nossa média móvel já ultrapassou a 30 óbitos por dia. E a gente sabe que esse número de hoje está a menor, do que o que aconteceu nos últimos dias por essa oscilação do sistema do Ministério da Saúde”, disse ao comentar os números divulgados hoje.

- Advertisment -

Most Popular

CPI da Covid-19 vai apurar atuação do governo Bolsonaro e repasses a Estados e municípios

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), realizou, na tarde desta terça-feira, 13, a leitura do requerimento para a instalação da CPI da Covid-19,...

Saiba quais são os nomes definidos para a CPI da Covid-19

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), fará a leitura do requerimento de criação da CPI da Covid-19 na sessão desta terça-feira. Na sequência,...

CPI da Covid-19 vai investigar verbas da União destinadas a Estados e municípios

Após a decisão liminar do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), fará, na tarde...

‘Bolsonaro queria que telefonema fosse divulgado’, afirma Jorge Kajuru

O senador Jorge Kajuru afirmou que o presidente Jair Bolsonaro queria que o áudio da conversa de ambos gravado no sábado, dia 10, fosse...