terça-feira, abril 13, 2021
Home Política AO VIVO: STF retoma julgamento sobre presença de público em missas e...

AO VIVO: STF retoma julgamento sobre presença de público em missas e cultos; acompanhe

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma, na tarde desta quinta-feira, 8, o julgamento da ação que questiona o decreto do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que veta a presença de público em missas e cultos no Estado no momento mais crítico da pandemia do novo coronavírus. Em tese, os ministros analisam se prefeitos e governadores têm autonomia para decretar medidas restritivas desta natureza. Na sessão desta quarta-feira, 7, o ministro Gilmar Mendes, relator do caso, foi o único a votar – ele se posicionou contra as celebrações coletivas.

Em seu voto, Gilmar criticou o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, que defendeu a abertura das igrejas sob o argumento de que há aglomerações no transporte público e nos voos. “Quando a sua Excelência fala dos problemas dos transportes no Brasil, especialmente do transporte coletivo, e fala do problema do transporte aéreo, com a acumulação de pessoas, eu poderia ter entendido que sua Excelência teria vindo agora para a tribuna do Supremo de uma viagem a Marte, descolado de qualquer responsabilidade institucional, com qualquer assunto no Brasil. Mas sua Excelência, fui verificar aqui, ‘googlar’, como dizem os mais jovens, e verifiquei aqui que ele era ministro da Justiça até recentemente, com responsabilidades institucionais, inclusive, de propor medidas. À União cabe legislar sobre diretrizes da política nacional de transportes. Sobre trânsito e transporte. Me parece que está havendo um certo delírio nesse contexto geral. É preciso que cada um de nós assuma a sua responsabilidade. Isso precisa ficar muito claro. Não tentemos enganar ninguém. Até porque os bobos ficaram fora da Corte”, afirmou o ministro.

A sessão será retomada com o voto do ministro Nunes Marques, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao STF em 2020. No último sábado, 3, o mais novo integrante da Corte concedeu uma liminar que liberou a realização de cultos e missas presenciais em todo o país, desde que fossem adotados protocolos sanitários contra a Covid-19.

- Advertisment -

Most Popular

CPI da Covid-19 vai investigar verbas da União destinadas a Estados e municípios

Após a decisão liminar do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), fará, na tarde...

‘Bolsonaro queria que telefonema fosse divulgado’, afirma Jorge Kajuru

O senador Jorge Kajuru afirmou que o presidente Jair Bolsonaro queria que o áudio da conversa de ambos gravado no sábado, dia 10, fosse...

Tarcísio Gomes de Freitas nega que nova lei de trânsito beneficie infratores

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, rebateu críticas de que parte das mudanças no Código de Trânsito Brasileiro favorecem os infratores. Especialistas...

Deputada Margarete Coelho defende maior clareza na Lei de Segurança Nacional

A Câmara dos Deputados vota a urgência na revisão da Lei de Segurança Nacional. A relatora do projeto, deputada Margarete Coelho (PP), promete a...