terça-feira, junho 15, 2021
Home Política AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve a médica Luana Araújo; acompanhe

AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve a médica Luana Araújo; acompanhe

A CPI da Covid-19 ouve, nesta quarta-feira, 2, a médica Luana Araújo. A infectologista foi escolhida pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para o cargo de secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19, atuou por 10 dias, mas a nomeação não foi concretizada. Os parlamentares querem esclarecer se a decisão foi política, uma vez que Araújo era uma crítica do uso de cloroquina e outros medicamentos comprovadamente ineficazes para o tratamento da doença. A convocação atende um pedido feito pelo senador Humberto Costa (PT-PE), titular da comissão. No requerimento, o petista afirma que a infectologista foi demitida “a mando do Presidente da República”.

O depoimento de Luana Araújo foi antecipado por decisão do presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM). Segundo apurou a Jovem Pan, o movimento faz parte de uma articulação do grupo majoritário da comissão, o G7, para ouvir, na terça-feira, 8, o ministro da Saúde. Para os parlamentares, a médica pode fornecer informações que serão utilizadas para confrontar Queiroga em sua segunda oitiva. O segundo depoimento de Queiroga será marcado por questionamentos sobre a postura do presidente Jair Bolsonaro, que, nas últimas semanas, promoveu aglomerações em passeatas com motociclistas em Brasília e no Rio de Janeiro. Além disso, os senadores querem esclarecimentos sobre os protocolos sanitários e os riscos que a realização da Copa América podem trazer ao combate da pandemia no Brasil. O torneio será disputado por 10 seleções em quatro sedes (Distrito Federal, Mato Grosso, Goiás e Rio de Janeiro) entre os dias 13 de junho e 10 de julho. Acompanhe a cobertura ao vivo da Jovem Pan: 

10:32 – ‘Maiores talentos não estavam à disposição para trabalhar nesta secretaria’, diz Luana Araújo

Luana Araújo afirmou que a “politização esdrúxula” afasta especialistas importantes de trabalharem no Ministério da Saúde. “Os maiores talentos que temos para trabalhar não estavam à disposição para trabalhar nesta secretária”, disse. “Não estavam exatamente à disposição ou não queriam trabalhar?”, questionou o presidente, Omar Aziz. “Não queriam trabalhar nesta secretaria”, complementou a infectologista.

10:26 – ‘Encontrei um ministro proativo, orientado pelos valores corretos e científicos’, diz Luana Araújo 

Questionada pelo relator, Renan Calheiros (MDB-AL), sobre o diagnóstico feito nos 10 dias em que esteve à frente da secretaria do Ministério da Saúde, Luana Araújo afirmou que encontrou um ministro “proativo, competente e capaz, orientado pelos valores corretos e científicos”.

10:23 – ‘É perigosa uma mistura de falta de informação, desespero e arrogância. Pode ser letal’, diz Luana Araújo

A médica Luana Araújo finalizou sua exposição inicial dizendo que “é perigosa uma mistura de falta de informação, desespero e arrogância. Pode ser letal”. A infectologista foi escolhida por Queiroga para um cargo no Ministério da Saúde, mas a nomeação foi barrada pelo Planalto.

10:15 – ‘Pleiteei autonomia, não insubordinação e anarquia’, diz Luana Araújo 

Barrada pelo Planalto para cargo no Ministério da Saúde, a médica Luana Araújo disse que pleiteou “autonomia, não insubordinação”. Ela afirmou, em sua exposição inicial, que precisaria de “autonomia para agir”. “Ciência não tem lado. É bem ou mal feita”, ponderou. Ela foi escolhida pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para o cargo de secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19, mas a nomeação não foi oficializada.

10:11 – Luana Araújo inicia sua exposição

A médica Luana Araújo faz sua exposição inicial. Ele terá até 15 minutos de fala.

09:54 – Governista pede que governador do Amazonas seja ouvido na terça-feira, 8 

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), aliado do Palácio do Planalto, pediu ao presidente Omar Aziz (PSD-AM) que o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), seja ouvido pela comissão na terça-feira, 8. Lima foi alvo de uma operação da Polícia Federal (PF), nesta quarta-feira, 2. A PF investiga fatos relacionados a possíveis práticas de crimes de fraude a licitação, desvio de recursos públicos e pertencimento a organização criminosa.

09:47 – Suplente diz que Nise Yamaguchi foi ‘linchada virtualmente’ por depoimento à CPI

O senador Marcos do Val (Podemos-ES), suplente da comissão, disse que a médica Nise Yamaguchi, que depôs na segunda-feira, 1º, foi “linchada virtualmente” em razão de seu depoimento à CPI da Covid-19. Para o parlamentar, a oncologista e imunogolista foi “humilhada” e “constrangida” pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico de formação.

09:41 – Omar Aziz abre a sessão 

Presidente da CPI da Covid-19, o senador Omar Aziz (PSD-AM) abriu há pouco a sessão desta quarta-feira. Os senadores vão ouvir a médica Luana Araújo.

- Advertisment -

Most Popular

Câmara autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra a Covid-19

Em votação nesta terça-feira, 15, a Câmara dos Deputados aprovou o texto que autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra a Covid-19. O objetivo...

Na CPI da Covid-19, Campêlo contradiz Pazuello sobre crise de oxigênio no Amazonas

Em seu depoimento à CPI da Covid-19, nesta terça-feira, 15, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo afirmou, em mais de uma ocasião,...

Com definição sobre modelo de prévias, PSDB dificulta candidatura de Doria à Presidência

A Executiva Nacional do PSDB definiu nesta terça-feira, 15, as regras para as prévias do partido. Durante as prévias, as siglas organizam uma eleição...

‘Duvido que os brasileiros votem no PT, Bolsonaro é o favorito para 2022’, diz ministro Fábio Faria

Chefe do Ministério das Comunicações, o ministro Fábio Faria afirmou durante participação no programa Pânico, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 15, que já está...