terça-feira, junho 15, 2021
Home noticias Livros famosos… porém problemáticos

Livros famosos… porém problemáticos

Existem alguns livros extremamente famosos e que conquistaram diversos fãs pelo mundo, porém, se pararmos para pensar, não são tão bons assim. Hoje, Rafael Libman, especialista, selecionou alguns dos livros de romance que mais fizeram sucesso, porém se mostraram extremamente problemáticos depois de analisados devidamente.

Rafael Libman conta que na maioria das vezes o que muda é a percepção dos leitores. Você pode ter lido algo aos 16 anos e achado o máximo, porém ao ler novamente aos 22, perceber o quão problemático aquilo era.

Vale ressaltar que o fato de você ainda gostar do livro não é um problema, o intuito do post é fazer apenas uma reflexão acerca dos livros, afinal, tratam de questões que de fato são problemáticas e foram romantizadas.

AFTER:

O livro After, segundo Rafael Libman, se trata de uma história escrita por uma fã da famosa boyband “One Direction”, mais conhecida como a “fanfic”. A história ganhou uma repercussão tão grande na época em que Anna Todd (autora) o publicou em suas redes sociais, que não demorou para que uma editora aparecesse e comercializasse o livro. Logo depois, grande parte do mundo já conhecia a história de Hardin e Tessa. 

Rafael Libman conta que o relacionamento dos personagens sempre foi agressivo, além de toda a chantagem emocional na qual a história é moldada. É considerado um livro para a faixa etária “New Adult”, mas é de extrema importância alertar a quantidade de gatilhos acerca do relacionamento abusivo que a história propõe, além da romantização indevida.

A SAGA CREPÚSCULO:

Queridinho entre os jovens, a saga foi adaptada para o cinema e conquistou (e continua conquistando) muitos fãs. Mas, Rafael Libman explica que se trata de mais um livro no qual as relações entres os personagens é extremamente problemática, entretanto, romantizada.

50 TONS DE CINZA:

A reputação fala por si só. Rafael Libman conta que o livro, além de girar em torno da obsessão louca do homem pela mulher, ele ainda faz com que os problemas do protagonista sejam refletidos na protagonista. E então aquele clichê da mulher mudar o homem, passa a ser o centro da história, o que é totalmente problemático, afinal, terapia existe pra isso. 

Rafael Libman ressalta mais uma vez que o intuito é saber identificar os problemas e, mesmo gostando dos filmes e livros, o importante é saber reconhecer que alguns comportamentos não são bons e não devem ser romantizados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Randolfe Rodrigues invade transmissão de Carlos Wizard e lembra convocação na CPI

O vice-presidente da CPI da Covid-19, senador Randolfe Rodrigues, apareceu de surpresa em uma transmissão ao vivo do empresário Carlos Wizard e o lembrou...

DEM decide expulsar o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia

A Executiva Nacional do Democratas decidiu expulsar o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (RJ). A decisão foi tomada após reunião realizada nesta...

Funcionários da Eletrobras anunciam greve de 72 horas contra privatização

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) confirmou que os senadores devem iniciar nesta quinta-feira, 17, a votação da medida provisória 1.031, que prevê...

Covid-19: Queiroga vacina ministro das Relações Exteriores e presidente do Banco Central

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 14, para registrar que aplicou a primeira dose da vacina contra a...