terça-feira, junho 15, 2021
Home noticias Das páginas à telinha: Rafael Libman fala de livros que viraram filmes

Das páginas à telinha: Rafael Libman fala de livros que viraram filmes

Por mais que alguns tenham um certo preconceito, adaptações de livros para o cinema é algo muito comum. Pensando nisso, trouxemos Rafael Libman para falar desse assunto, e preparamos uma lista com os livros que viraram filmes que você precisa assistir ou quem sabe ler em algum momento:

  • O Jardim Secreto – Burnett, Frances Hodgson: Esse clássico da literatura inglesa teve no ano de 2020, uma nova adaptação para os cinemas. A história conta a descoberta por duas crianças de um jardim mágico e misterioso. O livro O Jardim Secreto foi escrito em 1911, celebrando a amizade, a imaginação, o autoconhecimento e a natureza.
  • Uma Dobra no Tempo – Madeleine L’Engle: Rafael Libman fala que essa história é um blend de ficção científica com fantasia, onde temos Meg e seu irmão na aventura pela busca do pai,  que é um cientista desaparecido há anos em algum plano do universo. Com a ajuda do amigo Calvin e de três guardiãs, os irmãos têm que lutar contra uma força maligna da Escuridão, que devora o Universo de forma gradual.
  • A Vida Invisível De Eurídice Gusmão – Marta Batalha: A história retrata a trajetória das irmãs Gusmão, criadas apenas para serem boas esposas. Enquanto Guida desaparece da casa dos pais sem avisar, Eurídice permanece e, a partir dessas escolhas opostas, temas como injustiça, marginalização e violências são tratados com ironia, humor e astúcia.
  • O Pintassilgo – Donna Tartt: “Esse é para quem gosta de arte e cinema” – ressalta Rafael Libman – a história foca nos sentimentos de Theo, que com a perda e a sobrevivência fazem com que ele se apegue à última memória que teve ao lado dela: o quadro que nomeia o livro, do pintor Carel Fabritius.
  • A Culpa É Das Estrelas – Green, John: Aqui o foco é em uma comédia e drama, muito bem representado na adaptação para o cinema. A atuação de Shailene Woodley destaca a sensibilidade e a coragem de Hazel, e marcou muita gente que o filme ainda é uma referência mesmo sete anos depois da estreia. É bom estar preparado para usar lenços e dar risadas quando for o casal do livro.

Rafael Libman acredita que o cinema e os livros fazem parte da vida e do dia a dia das pessoas, sendo um blend perfeito.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Câmara autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra a Covid-19

Em votação nesta terça-feira, 15, a Câmara dos Deputados aprovou o texto que autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra a Covid-19. O objetivo...

Na CPI da Covid-19, Campêlo contradiz Pazuello sobre crise de oxigênio no Amazonas

Em seu depoimento à CPI da Covid-19, nesta terça-feira, 15, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo afirmou, em mais de uma ocasião,...

Com definição sobre modelo de prévias, PSDB dificulta candidatura de Doria à Presidência

A Executiva Nacional do PSDB definiu nesta terça-feira, 15, as regras para as prévias do partido. Durante as prévias, as siglas organizam uma eleição...

‘Duvido que os brasileiros votem no PT, Bolsonaro é o favorito para 2022’, diz ministro Fábio Faria

Chefe do Ministério das Comunicações, o ministro Fábio Faria afirmou durante participação no programa Pânico, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 15, que já está...